A Terra das Muitas Águas | Catu Rizo

Cartaz para a divulgação do filme "A terra de muitas águas" de Catu Rizo,
que foi exibido no Lab Curta 2019 no Cinema Odeon.

"A Terra de muitas águas" vem da palavra Iguassu, que significa "muitas águas", ou seja,
o filme trás a Baixada através dos rios que passam pelas cidades.
No cartaz temos alguns fragmentos dessa história, seus sonhos e experiências através das águas.

As personagens são a Nina (protagonista) "Falante, curiosa, sonhadora, engraçada, atrasada, aparentemente mais nova" e a Luana "misteriosa, ativa, prática, mais experiente ou sábia, com resposta sobre as coisas, conta histórias (a narrativa mitológica vem dela)". As personagens sempre se encontram em uma ponte, mas Nina não enxerga o rio como rio, apenas quando é instigada por Luana a pensar "em algo com água".

SINOPSE: Nina está se preparando para sua viagem para Mangaratiba com sua melhor amiga, Luana. Dias antes, começa a ter sonhos que fabulam sobre os rios de sua terra capazes de transformar sua percepção diante da vida.

Catu é diretora e roteirista, faz parte do movimento @baixadafilma, é nilopolitana, faz parte do coletivo de diretoras de fotografias do Brasil (@coletivodafb ). Formada em Cinema e Audiovisual e mestra em Cultura e Territorialidades pela UFF, ela navega entre a pesquisa, a direção, a prática de ensino, a montagem e a fotografia. Uma amante do cinema, tocou os cineclubes Defumado e Palacine de forma coletiva e parte de sua formação vem desses encontros. Integrou o coletivo artístico Osso Osso de 2012 - 2017, quando realizou o longa Com o terceiro olho na terra da profanação, todo rodado em Nilópolis. Foi integrante como professora no projeto Imagens em Movimentos,
vinculado ao programa ​francês Cinema: cem anos de juventude.

Alguns integrantes da equipe durante a exibição do filme no Odeon em 2019 (à esq.) e a equipe durante o set de filmagem (à dir.)

Trailer do filme, da diretora Catu Rizo, para você mergulhar um pouco nessa história!